Os formatos de relacionamento no inbound marketing imobiliário

Sabemos que o consumidor é o principal protagonista no cenário de vendas, mas também devemos analisar o papel das ferramentas e métodos desenvolvidos para auxiliar o mercado imobiliário diariamente.  

Em um primeiro momento, o ajuste dos processos comerciais usa ferramentas e metodologias do CRM para desenhar uma jornada de compra e venda entre o cliente e a empresa.

Assim é possível sincronizar o funil de vendas com a jornada de compra do futuro cliente, em um processo facilitado pelas melhorias em termos de cultura de dados e tomada de decisões baseadas no histórico do lead.

Além do relacionamento e da geração de leads

Novos métodos de relacionamento e ferramentas de automação revolucionam o setor imobiliário potencializados por modelos de negócios inovadores. Aqui vamos abordar algumas ideias de inovação que podem ajudar sua empresa a se desenvolver em meio às mudanças de comportamento do usuário:

 

Entenda a automação e as ferramentas de relacionamento

O comercial e o marketing não são os únicos impactados pelo processo de transformação digital dentro das imobiliárias e incorporadoras. Essas mudanças influenciam toda a experiência do cliente – do primeiro contato ao pós-venda.

Na realidade atual do cliente, com apenas alguns toques é possível procurar por um imóvel, comprar, alugar e até mesmo solicitar serviços como encanador ou eletricista, além de descobrir quantas vagas estão disponíveis na lavanderia do prédio. Tudo em dispositivos móveis.

Essa integração do cliente com a experiência pós-venda é resultado do avanço do omnichannel no Brasil. E quando falamos de integração é comum falarmos sobre ferramentas de automação comercial como o CRM Vista, Ingaia ou de automação de marketing como o RD Station e o Mailchimp.

O que vemos é o avanço no uso de ferramentas de automação como o RD Station, Hubspot, Sales e demais plataformas que ajudam na comunicação do lead em toda a sua jornada, do cadastro ao pós-venda. 

Assim como as ferramentas de marketing, o CRM se torna indispensável. Não como uma ferramenta de cadastro, mas como um impulsionador de novos passos para a jornada de sucesso em cada modelo de negócio no mercado imobiliário.

Para se ter uma ideia da importância do uso de um sistema de relacionamento com clientes, em 2018 o site nic.br avaliou mais de 2.000 empresas brasileiras e constatou que 48% delas diziam utilizar ferramentas de CRM no seu dia-a-dia.

E não poderia ser diferente! Em 2020 os insights de negócios da Fortune indicaram que o mercado de CRM global foi avaliado em US$ 52,64 bilhões, com previsão de chegar a valer cerca de U$$ 128,97 bilhões no mundo todo em 2028.

Esses dados mostram que mesmo em período de pandemia as empresas estão buscando fortalecer o relacionamento com os clientes, se aproximando cada vez mais em cada etapa da jornada de compra.

Além do CRM, a ferramenta de automação de marketing também vem impulsionando as empresas. Segundo a Invesp, a automação de marketing aumenta em 14,5% a produtividade de vendas e reduz em 12,2% as despesas gerais de marketing.

 

O papel dos portais imobiliários

Além do crescimento das startups que promovem facilidade nos processos de compra, construção e inovação do setor imobiliário, o aumento da busca por produtos e serviços no google fez surgir novos canais de geração de leads. Esses canais, chamados de portais imobiliários, crescem aceleradamente. 

Utilizados por imobiliárias, incorporadoras e construtoras, os portais são integrados às ferramentas de CRM e automação de marketing por API ‘s, aumentando o fluxo de entrada de leads para o setor comercial.

Atualmente eles desempenham um papel de extrema importância ajudando os negócios do mercado imobiliário a se digitalizarem e aderirem ao formato omnichannel, ou seja, presente em todos os canais.

 

Como está a estrutura do seu negócio quando pensamos em jornada de relacionamento?