Famosos na internet, os memes possuem um potencial viral gigantesco e costumam ser usados pelas marcas para atrair a atenção do público e gerar engajamento. No entanto, quando é apropriado usar os memes nas redes sociais? Antes de responder essa pergunta, que tal conhecer um pouco mais a origem desse tipo de conteúdo?

O escritor Richard Dawkins criou o termo na década de 70 em seu livro “O gene egoísta”. O biólogo define “meme” como um tipo de gene da memória que é compartilhado entre as pessoas como valores, cores e linguagens, por exemplo. Ou seja: o meme funciona como um vírus cultural que se propaga através da convivência humana.

O tempo passou, a internet se popularizou e os memes ganharam um novo significado: imagens, expressões ou termos que alcançam muitas pessoas em um curto período de tempo. 

Normalmente os memes estão relacionados às produções culturais,  mas isso não é regra. Nos dias atuais, absolutamente qualquer coisa pode virar meme, de comentários nas redes sociais a navios encalhados.

Dicas para usar memes nas redes sociais

Se os memes nas redes sociais possuem grande potencial viral, é óbvio que a maioria das marcas vai tentar encontrar formas de aumentar seu alcance organicamente. 

E é justamente nessas horas que é preciso tomar alguns cuidados para não passar vergonha na internet.

1. Para de tentar fazer o barro acontecer!

Uma marca nunca deve tentar forçar a criação de um meme. Esses conteúdos surgem naturalmente na internet e é praticamente impossível que uma publicação criada para “ser engraçadinha” viralize. E normalmente quando isso acontece é de um jeito ruim e a marca se torna alvo de piadas.

2. É de bom tom postar?

Nem sempre o meme do momento vai ser adequado para todas as marcas. Por exemplo: determinada empresa atua com linhas de crédito. Dificilmente a empresa poderá usar um meme da Gretchen. Mas o meme da Nazaré confusa poderia ser usado sem problema. Os memes nas redes sociais, quando utilizados, devem seguir o tom adotado pela comunicação da marca.

3. Alô, é da polícia?

Agora um assunto complexo: a quem pertence os direitos autorais de um meme? A resposta é simples: imagens, áudios ou vídeos pertencem exclusivamente ao detentor de  seus direitos. 

Portanto, uma cena retirada de um programa de TV jamais deve ser usada sem autorização. Mas é sempre importante lembrar que cada caso é um caso. Profissionais especializados sabem identificar a aplicação correta dos memes nas redes sociais para evitar problemas (e vergonha alheia). 

Definitivamente os memes possuem o poder de transformar uma marca desconhecida em um fenômeno, mas é muito difícil prever quando esse movimento vai acontecer, já que um viral depende do público. Antes de compartilhar um meme recebido pelo WhatsApp fale com os especialistas da Aliens Design. Nosso time vai ajudar sua marca a encontrar o tom certo para usar nas suas redes sociais.